Corto Maltese: Equatória

A Trem Fantasma programa para este mês Corto Maltese – Equatória, a segunda aventura da trilogia produzida pelos espanhóis Juan Diaz Canales e Rubén Pellejero inspirada em uma das maiores criações do artista italiano Hugo Pratt (1927-1995). O material clássico do personagem foi lançado no Brasil pelas editoras L&PM, Ediouro/Pixel Media e Autêntica/Nemo, no entanto, alguns álbuns ainda permanecem inéditos no país.

Criado por Pratt em 1967 em Uma Balada do Mar Salgado, Corto Maltese, como um Ulisses moderno, se insere na constelação de grandes viajantes visionários da ficção. Suas aventuras foram escritas e ilustradas pelo seu criador até 1992, quando foi publicado o álbum A Cidade Perdida de Mú. Hugo Pratt veio a falecer em 1995 e somente 20 anos depois é que novas aventuras foram confiadas a dois dos maiores nomes dos quadrinhos europeus.

Em Equatória, o ano é 1911. Entre Veneza e as selvas da África equatorial, Corto Maltese procura o Espelho do Preste João, um mítico objeto medieval relacionado às Cruzadas. Em sua rota, cruzam três mulheres cujos destinos são estranhamente complementares: Aída, uma perspicaz jornalista, Ferida, em busca do pai desaparecido e Afra, uma ex-escravizada, além de precisar enfrentar tropas coloniais, traficantes de escravos e movimentos nacionalistas.

Além da nova história do lendário marinheiro maltês, a edição brasileira traz também esboços, comentários dos autores e contextualização histórica que irão fazer os leitores imergirem ainda mais nesta incrível aventura. Capa dura com 88 páginas coloridas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: