De Marcos Guerra e Will Silva: O Reinado de Carcosa

A Draco lança este mês O Reinado de Carcosa, obra nacional produzida pelos potiguares Marcos Guerra (roteiro) e Will Silva (arte). Trata-se de um quadrinho original inspirado no universo do livro O Rei de Amarelo, de Robert W. Chambers, obra admirada pelo escritor H.P. Lovecraft e uma das pedras fundamentais do horror cósmico.

Existe um livro amarelo que destruirá a mente de quem se aventurar a ler seu conteúdo. Em suas páginas estão os diálogos e cenas de uma peça de teatro doentia, capaz de corromper a mais pura das almas. Mas o que aconteceria se um dia essa peça fosse encenada? Aceitando o convite para ver a estreia de O Reinado de Carcosa, assinada por sua ex-namorada Camila Nuit, a jovem Cássia entra no mítico Teatro Alberto Maranhão. Mas, antes de as cortinas se abrirem, a aspirante a escritora é levada por um labirinto de narrativas perturbadoras.

Por que Camila Nuit decidiu montar esse texto amaldiçoado? Que mentes ensandecidas irão interpretar as palavras depravadas e nefastas contidas nele? Todas as respostas estão em O Reinado de Carcosa, onde a loucura amarela é ambientada em cada fresta da cidade de Natal.

Esta é a primeira graphic novel da coleção Legado de Cthulhu, que abraça o horror cósmico aclamado por crítica e público na trilogia das cores da Editora Draco: O Rei Amarelo em Quadrinhos, O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos e Demônios da Goetia em Quadrinhos.

Inspire fundo e assista a esse espetáculo, mas prepare-se: a cada destino em Carcosa ou nos domínios da podre monarquia, mais a sua sanidade arranhará as paredes do crânio para escapar. Capa cartonada com 100 páginas.

Confira também as capas, detalhes e sinopses da Trilogia das Cores:

O Rei Amarelo em Quadrinhos

A Loucura é Amarela. A redescoberta da obra de Robert W. Chambers, autor dos contos sobre a peça de teatro maldita O Rei Amarelo, inspirou essa coletânea com oito histórias em quadrinhos cheias do mais doentio horror em preto, branco e amarelo. São 168 páginas macabras inspiradas pela leitura do livro amaldiçoado, visões amareladas que forçaram os artistas a realizar histórias originais que destruíssem tudo à sua volta, até eles mesmos. A organização do álbum enlouqueceu Raphael Fernandes, que aprisionou um time de quadrinistas formado por Pedro Pedrada, Tiago P. Zanetic, LuCas Chewie, Mauricio R. B. Campos, Péricles Ianuch, Airton Marinho, Marcos Caldas, Erik Avilez, André Freitas, Tiago Rech, Victor Freundt, Rafael Levi, Samuel Bono e Raphael Salimena. Todos enclausurados por uma sinistra capa de João Pirolla. O Rei Amarelo em Quadrinhos é o terror na sua forma mais bruta, trazendo imagens cativantes e perturbadoras interpretações para a busca por Carcosa. Mas, acima de tudo, é um mergulho em um poço ocre onde a esperança de emergir para a realidade não passa de um sonho em duas cores.

Estrutura: capa cartonada com 168 páginas
Data de lançamento: abril/2015

O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos

O Desespero é Verde. A cultuada obra de H.P. Lovecraft é a principal inspiração dessa coletânea com oito HQs que transportarão a imaginação para o lado mais obscuro da mente humana, um horror cósmico em preto, branco e verde. São 168 páginas desesperadoras onde criaturas tão antigas quanto o universo são capazes de corromper a alma humana apenas com sua presença, onde a doença, a loucura e a perversão são pano de fundo para histórias que vão testar os limites de sua sanidade. A organização do álbum envolveu Raphael Fernandes, que maculou a alma do time de quadrinistas formado por Antonio Tadeu, LuCas Chewie, Dudu Torres, Airton Marinho, Fabrício Bohrer, Caiuã Araújo, Marcio de Castro, Daniel Bretas, Jun Sugiyama, Hilton P. Rocha, Samuel Bono, Lucas Pereira, Bárbara Garcia e Elias Aquino. Todos perdidos em uma enigmática capa de João Pirolla. O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos é o horror que não pode ser pronunciado. Perca-se em imagens e histórias que não deveriam ter sido concebidas. Agora não há mais volta para os envolvidos pelos tentáculos do desespero. É hora de acordar para uma realidade decadente e tingida em apenas duas cores.

Estrutura: capa cartonada com 168 páginas
Data de lançamento: agosto/2016

Demônios da Goetia em Quadrinhos

A Tentação é Vermelha. A goetia é um perigoso sistema mágico popularizado por MacGregor Mathers e Aleister Crowley, em 1904. Neste álbum, os 72 demônios que a compõem surgem em oito HQs onde a corrupção humana não tem limites, apresentando uma outra face do horror cósmico e do body horror em preto, branco e vermelho. Estas 168 páginas apresentam entidades dispostas a barganhar com os humanos em troca de um pouco de sua força vital. São seres infernais que podem até realizar seus desejos, mas pode ter certeza que cobrarão um preço que ninguém estará disposto a pagar. Os mórbidos contos invocados que compõem esta antologia foram organizados por Raphael Fernandes, que formou uma verdadeira seita com os quadrinistas Daniel Canedo, Caio H. Amaro, Flávia Lima, Juscelino Neco, Erick Santos Cardoso, Kaji Pato, Tiago P. Zanetic, MJ Macedo, Alexey Dodsworth, LuCas Chewie, Airton Marinho, Victor Freundt, Antonio Tadeu e Ioannis Fiore. Todos amaldiçoados por uma capa diabólica de João Pirolla. Esta é a terceira e última coletânea da coleção iniciada por O Rei Amarelo em Quadrinhos e O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos, ambas ganhadoras do Troféu HQMix. Demônios da Goetia em Quadrinhos é a condenação definitiva da alma. Entre nesse caminho sem volta ao ler essas histórias ocultas. Aqueles que aqui entrarem devem deixar para trás tudo em que mais confiam. E lembre-se, ao deparar com um desses espíritos, nunca saia do círculo de proteção.

Estrutura: capa cartonada com 168 páginas
Data de lançamento: novembro/2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: