De Gipi e Critone: Aldobrando

A Nemo lança no início de maio Aldobrando, obra europeia escrita por Gipi – pseudônimo do premiado quadrinista Gian Alfonso Pacinotti – e ilustrada por Luigi Critone.

Publicado originalmente em 2020 na Itália pela Coconino e para o mercado franco-belga pela Casterman, o trabalho foi selecionado ano passado pelo Grand Prix de la Critique e pelo Fauve d’Or no Festival de Angoulême.

Antes de “descer para lutar no Poço”, o pai de Aldobrando, sabendo que sua hora havia chegado, o confiou a um mago. Este deve protegê-lo e educá-lo até que ele tenha idade suficiente para descobrir o vasto mundo. Alguns anos depois, a preparação de uma poção se transforma em tragédia.

Gravemente ferido no olho por um gato que não quis se deixar escaldar, o mago pede a seu jovem protegido que lhe traga a “erva do lobo”. Mas como alguém pode transitar pela botânica quando nunca pôs os pés para fora e ainda acaba acusado pelo assassinato do príncipe de Due Fontane?

Uma história capaz de tocar o coração dos leitores de todas as idades, com suspense da primeira à última página, Gipi narra a aventura do jovem órfão em um cenário medieval fantástico, que faz lembrar histórias clássicas, como O Nome da Rosa e Dom Quixote. Em um ambiente hostil, onde a crueldade e a opressão prevalecem, Aldobrando precisa partir ao encontro do seu destino.

Desenhado por Luigi Critone, Aldobrando é um conto sobre a pureza de caráter, os enganos do poder e a determinação necessária para perseguirmos nossos sonhos. Capa cartonada com 208 páginas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: