A volta de Ken Parker

A Mythos Editora lança em julho Ken Parker – Rifle Comprido/Mine Town, primeiro volume da coleção que resgata as aventuras de Kenneth Parker, personagem criado em 1974 por Giancarlo Berardi e Ivo Milazzo. Essa coleção é baseada na lançada na Itália pela editora Mondadori, em 50 volumes, compilando duas histórias por edição em ordem cronológica.

Neste volume, a caminho do Wyoming, Ken Parker e seu irmão Bill, depois de procurarem ouro na Califórnia e caçarem animais de pele, são vítimas de uma emboscada. Ken desperta ao lado do corpo sem vida do seu irmão e sai no rastro dos agressores. Ele chega ao Forte Smith, situado numa reserva indígena, poucas horas antes que uma tribo cheyenne, cansada das falsas promessas do grande pai branco, decida morrer lutando. Capa dura com 204 páginas.

Algumas observações:

Linha do tempo de Ken Parker na Itália:

Ken Parker Serie Oro #62, da Parker Editore

1974 – Criação de Ken Parker, estreando no mesmo ano na série Collana Rodeo, numa antecessora da atual Bonelli;

1977/1984Sergio Bonelli Editore (na época Cepim) lança o título Ken Parker, em 59 edições;

1984/1988 – Aventuras curtas em cores são produzidas e publicadas em outros títulos, como Orient Express e Comic Art;

1989/1993Berardi e Milazzo fundam a própria editora, a Parker Editore, republicam o material clássico na Serie Oro e lançam a Ken Parker Magazine com aventuras inéditas;

1994/1998 – Os autores retornam à Bonelli Editore, que dá sequência a Ken Parker Magazine (edições #19 a 36), lançam quatro edições da Ken Parker Speciale, lançam a Ken Parker Collezione com material clássico e mais quatro aventuras inéditas em uma publicação semestral;

1998Berardi e Milazzo decidem encerrar as histórias com o personagem e se dedicam a outros trabalhos;

Ken Parker Collection #7, da Panini Itália

2003 – A Panini italiana adquire os direitos e publica a Ken Parker Collection, que reúne, além do material clássico, também material inédito;

2014Ken Parker passa a ser publicado pela Mondadori, em coleção definitiva e, posteriormente, em outras duas coleções, com todo o material em ordem cronológica;

2015 – Os autores produzem a última aventura de Ken Parker, publicada na coleção definitiva da Mondadori.

Além de Milazzo, artista que concebeu o visual de Ken Parker e que ilustrou grande parte das HQs do personagem, entre outros artistas que já emprestaram seu pincel ao Rifle Comprido estão Giorgio Trevisan, Renzo Calegari, Giancarlo Alessandrini, Carlo Ambrosini, Bruno Marraffa, Giovanni Cianti, Sergio Tarquinio, Renato Polese, Vincenzo Monti, Giuseppe Barbati, Pasquale Frisenda, Massimo Bertolotti, Laura Zuccheri e Goran Parlov. Já nos roteiros, além de Berardi, estão nomes como Alfredo Castelli, Maurizio Mantero, Valerio Rontini e Tiziano Sclavi.

Linha do tempo de Ken Parker no Brasil:

Ken Parker #1 (#54), da Best News (1989)

1978/1983 – Estreia pela Editora Vecchi, em formatinho, em 53 edições;

1989/1990 – Edições #54 e 55 italianas (edições #1 e 2 brasileiras) pela Best News – coleção interrompida por conta do Plano Collor – a intenção da editora era finalizar a série com as seis aventuras restantes e, depois, republicar as histórias anteriores;

1994Editora Ensaio lança o especial Os Cervos & Um Hálito de Gelo, primeira publicação em formato magazine de Ken Parker;

1999Cluq lança Onde Morrem os Titãs, em dois álbuns em formato magazine;

2000/2002 – A Mythos traz, em 18 edições em formatinho, as histórias inéditas do personagem publicadas na Ken Parker Magazine italiana;

Ken Parker – Um Príncipe para Norma

2000Cluq publica o especial Um Príncipe para Norma, considerada a 60ª aventura de Ken Parker, ou seja, sequência direta da série principal;

2000/2007 – O Cluq, através das editoras Tendência e Tapejara, publica em formato álbum todas as 59 aventuras de Ken Parker, que inclui as 53 HQs lançadas pela Vecchi, as duas da Best News, além das quatro aventuras finais que estavam inéditas;

2007/2008Cluq publica uma série em quatro edições, em formato magazine, com as aventuras Filhotes, A Lua da Magnólia em Flor, Soleado e Pálidas Sombras;

2011 – Especial com a reedição de Onde Morrem os Titãs, a 61ª aventura do personagem, publicada pela primeira vez em 1999 pelo próprio Cluq em duas edições;

2011 – Republicação de Um Hálito de Gelo, a 62ª aventura de Ken Parker, lançada pela primeira vez pela Ensaio em 1994;

Ken Parker – Até Onde Vai o Amanhecer

2013/2014Cluq publica série de quatro álbuns em capa dura com histórias de diferentes épocas: Os Condenados, Nos Tempos do Pony Express, As Aventuras de Teddy Parker e Cara de Cobre;

2015/2021Cluq publica a Ken Parker Magazine a partir do número 0 (Prólogo) / até 2020, havia 25 edições (até o número 24) / em maio, anunciou as edições #25 a 28 / com o lançamento da nova coleção da Mythos, não se sabe qual será o rumo dessa série;

2019Cluq publica Até Onde Vai o Amanhecer em capa dura, a última aventura de Ken Parker.

2 comentários em “A volta de Ken Parker

  1. Ken Parker nunca estreou em 1974 na série Collana Rodeo. Berardi e Milazzo levaram a história e o personagem a Bonelli com a intenção de inseri-lo em um número da série Collana Rodeo, porém isso nunca aconteceu. Bonelli exigiu algumas mudanças para aceitar o personagem, tipo troca de nome e a barba. Sua estreia foi em revista própria.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: