Site da Panini Comics: descaso ou incompetência?

Há mais ou menos um mês, em meio à Bienal do Livro em São Paulo, a Panini Comics Brasil resolveu que era hora de mudar o visual da loja/site oficial. O site anterior, de fundo vermelho, não era dos melhores, mas era funcional: havia o checklist, havia os lançamentos, havia as capas, havia as sinopses, havia o conteúdo original de cada edição brasileira, os pedidos feitos eram processados, os pedidos antigos poderiam ser consultados e não havia problemas graves.

Então, de repente, o site antigo saiu do ar e horas depois entrou o novo site, de fundo azul, e tudo entrou em colapso. Com o passar dos dias e semanas, apesar de sentirmos que o site está, de algum modo, tendo os problemas parcialmente sanados, inclusive em relação aos pedidos, aparentemente nada realmente acontece com atitude real, algo que uma empresa do porte da Panini deveria fazer acontecer.

O checklist mensal, uma das maiores fontes de consultas dos leitores e que havia desaparecido, arrumaram uma área pra ele, mas ainda é deficiente. Há produtos em meses errados, além de títulos em áreas que não são deles.

PRODUTOS DE JUNHO DA DC COMICS: TODOS NOS PONTOS DE VENDA, MAS AS CAPAS NO SITE AINDA SÃO AS PROVISÓRIAS

No cadastro geral de produtos, há meses em que as capas foram deixadas de lado. Algumas capas novas estão entrando, de maneira bem lenta, mas as de junho e julho, por exemplo, em que praticamente todas as publicações já estão disponíveis nos pontos de venda, não estão no site – principalmente na área da DC Comics -, ainda estão com capas provisórias ou sem capa.

O conteúdo das edições originais contidas nas edições brasileiras fonte de informação essencial para o leitor se localizar, além de ser detalhe fundamental para divulgadores, catalogadores e jornalistas – sumiu – não foi migrado do site anterior – e não tem data pra voltar – na verdade, nem sabemos se irá voltar (em resposta de mensagem enviada pelo Facebook, o atendente diz que sim, irá voltar).

Capas provisórias novas, de produtos que ainda serão lançados, parecem estar entrando no site normalmente. O que sentimos, portanto, é que é descaso ou incompetência, pois, ora, se produtos novos entram, qual é o problema de se atualizar as capas dos produtos mais datados de meses recentes?

CAPAS PROVISÓRIAS DE PRODUTOS EM PRÉ-VENDA: ESSAS ENTRAM NORMALMENTE – ORA, O SITE NÃO ESTÁ PASSANDO POR PROBLEMAS?

Problema de comunicação entre um setor e outro? Incompetência de quem opera e gerencia o site? E não há nenhum supervisor, que entende sobre o que o leitor precisa, para cobrar o serviço do responsável por essa área? Uma pessoa com vontade resolveria o problema do conteúdo em questão de horas. Nós mesmos faríamos isso, se pudéssemos. E com o maior prazer do mundo. Gostamos de ver as coisas bem-feitas, bem cuidadas e bem resolvidas. Aliás, falando bem a verdade, todo mundo gosta.

Mas, no atual momento, está parecendo Terra de Ninguém, onde, aparentemente, cada um faz o que quer, na hora que quer, do jeito que quer. “Ah, hoje vou colocar uma capa de um produto novo. Ah, mas e os produtos que já estão nas bancas e livrarias e que as capas ainda estão como provisórias? Ah, deixa pra lá – o mês já passou – uma hora a gente arruma – no$$as prioridade$ $ão outra$”, ou algo do tipo. É até difícil fazer um exercício de imaginação para saber o que pensam.

Não é nossa empresa, mas se fosse: além de ter alguém que entende da coisa toda, nós teríamos alguém para cobrar essa pessoa. Ou, se não tivesse, nós mesmos cobraríamos. “Amigo, os leitores estão esperando. Não resolveram mudar o site agora? Então, as informações do antigo têm que estar nesse novo. Olha, e isso é pra ontem!”

ÁREA DA TURMA DA MÔNICA: AS CAPAS FINAIS ESTAVAM NA VERSÃO ANTERIOR DO SITE (FUNDO VERMELHO) E NÃO MIGRARAM PARA O NOVO

As reclamações nas redes sociais são diversas e constantes. Não se sabe se alguém da Panini lê. Não se sabe de alguém da Panini quer que os problemas sejam sanados e resolvidos. Será que não tem uma alma de Deus lá dentro, um editor, um fã, um amigo do leitor, que olha o site e consiga falar pra alguém acima que a coisa não pode ficar como está? Que a coisa precisa ser resolvida? Será que estão se mexendo?

Há um telefone da redação para se ligar? Há um telefone do pessoal que cuida da parte técnica ou de informações do site? Há um e-mail? Não, não há.

Nós tentamos de diversas maneiras, desde falar com o CEO da Panini até tentar contato via help desk, que cai em uma central em Itapevi/SP – não em Alphaville, onde está a administração, e nem na redação de quadrinhos, que até onde sabíamos era em Pinheiros, no mesmo endereço da editora que produz as versões brasileiras desde que a Panini assumiu os quadrinhos Marvel (e depois DC) em 2002. Entramos em contato, inclusive, com a matriz italiana – será que ela sabe dessa migração malfeita? Mesmo se a matriz não souber, não sabemos se é do interesse dela.

ÁREA COM PRODUTOS PANINI COMICS (QUE NÃO SÃO MANGÁS, MARVEL, MÔNICA OU DC): TUDO MISTURADO!

Os problemas devem ter aumentado, pois, pela internet, as reclamações não param. Não há qualquer tipo de contato ou feedback positivo por parte da editora – aquele retorno realmente sério, que ouve e atende o leitor, inclusive estipulando prazos para que os contratempos seja resolvidos.

Sem querer comparar, mas já comparando: muitos anos atrás, nós éramos as pessoas que ligavam para as editoras, mandavam cartas, escreviam para as redações. E dificilmente ficávamos sem retorno.

Já falamos na redação da Editora Globo (na época dos títulos Image e Wizard – falamos com o próprio Leandro Luigi). Já falamos na redação da Mythos (falamos com o próprio Helcio – época em que estava lançando títulos da Marvel que a Abril não tinha interesse – momento também que a editora havia acabado de adquirir os direitos Bonelli – que até então estavam na Globo). Já falamos na redação da Abril (quando a editora lançou Blood – Uma História de Sangue e que a edição #3 estava com problemas de impressão – acabamos ganhando as edições #3 e 4 de cortesia). Agora, nos tempos atuais: nunca tivemos um retorno da Panini. Nunca conseguimos falar com a redação da Panini. Nunca conseguimos falar com um editor da Panini.

As demais editoras citadas, deixavam as formas de contato à mostra nas revistas. Era para o leitor ligar, escrever, entrar em contato quando quisesse e sentisse vontade. Afinal, se não fosse pelo nosso dinheiro, as editoras sequer existiriam. Elas tinham essa noção. Havia falhas? Claro que havia, mas o atendimento ao leitor sempre foi levado a sério e ele se sentia próximo à editora. Havia até as divertidas visitas à redação nas segundas segundas-feiras do mês. Já na editora que já está há 20 anos cuidando da Marvel, DC, Mônica e muitos outros, até a redação é uma incógnita.

CATÁLOGO ONLINE: FUNCIONAL, MAS PARALISADO DESDE A MUDANÇA PARA O SITE ATUAL

Nessa nossa era atual, em que a comunicação deveria ser mais fácil, por conta do avanço tecnológico dos últimos anos, a filial da multinacional italiana segue no caminho contrário.

Poderia haver uma, duas ou três pessoas para ouvir os leitores. Um canal aberto via whatsapp, via e-mail, via telefone, para ouvir as críticas, sugestões, anotar as ideias, ser (mais) próxima ao leitor.

A editora fica com graça nas redes sociais, fazendo piadinhas de cartão de crédito e cavalo de Troia, sem levar o leitor a sério, interessada somente nas cifras que eles podem gerar pra ela.

A Panini fez o que quis. Dominou o mercado. E esfriou a relação leitor/editor – há uma barreira gigantesca. Ela faz lives (aparentemente para cumprir uma obrigação imposta), está no Facebook, faz piadinhas, se mostra amiga e próxima. Mas tudo é ilusão. Há diversos obstáculos – colocados propositalmente – entre ela e o consumidor final. Ela só está interessada em nosso dinheiro.

BRINCADEIRAS SOBRE O NOSSO DINHEIRO NO FACEBOOK ENQUANTO O SITE ESTÁ EM COLAPSO

O legal mesmo seria a união dos leitores e consumidores para um boicote geral momentâneo. Enquanto ela não arrumar os problemas no site – tanto em relação a pedidos, pagamentos e envios, quanto a atualização geral dos produtos e sinopses completas com os conteúdos originais -, não comprar um único produto da editora. Mas isso é impossível. Nunca todos se unirão pensando no bem comum.

Fora isso, os leitores poderiam exigir um contato mais direto e verdadeiro. Com pessoas que realmente os ouvem e façam a coisa acontecer. Que respondam dúvidas, que nos atendam ao telefone. Que responda nossos e-mails.

O investimento mensal não seria muito alto para duas ou três pessoas de um setor de Atendimento ao Leitor – as editoras tinham isso – muitas ainda têm – e quando não há, o próprio editor faz o atendimento (não que deva ser praxe, pois caso contrário, ele não conseguirá fazer outra coisa). A certeza é que, caso fizesse isso, o retorno seria muito maior, do que somente colocar o produto pra vender e o leitor que se vire.

Os problemas deverão ser resolvidos em algum momento. Talvez devamos dar tempo ao tempo. Mas o tempo está passando e parece que nada vai acontecer.

O site é a cara da editora. Mas parece que estão pouco se lixando pra isso. Por que, antes de colocar o novo site no ar, não testaram antes? Por que não migraram todo conteúdo antes em off, feito testes e tudo o mais, antes da estreia definitiva?

Será que todas as palavras escritas aqui são mera “tempestade em copo d’água”? Pelo que temos visto nos comentários diversos pela web, cremos que não. Sinceramente, não dá pra entender.

Este não é o nosso foco – nosso foco é falar exclusivamente sobre as novidades dos quadrinhos -, mas o copo transbordou. Fica aqui o nosso desabafo e nosso/seu apelo, salpicados de críticas construtivas.

– UPDATE 05/08/2022:
Coincidência ou não, o conteúdo original acabou de voltar. Está localizado na parte inferior esquerda de cada publicação, logo abaixo dos detalhes técnicos. Demorou, mas voltou em um local bacana e padronizado. O leitor/consumidor agradece. Continuaremos acompanhando.


– UPDATE 18/08/2022:
Finalmente começaram a atualizar as capas de junho da DC Comics hoje. Ainda não estão todas lá, mas já é um começo. Na área da Turma da Mônica, ainda faltam muitas capas – inclusive, tem uma revista do Chico Bento com o preço de 90,90 em vez de 9,90 (provavelmente, um erro de digitação que ficou sem conferência). Gostaríamos de avisá-los, mas onde e como? Torcendo para que consertem.

Um comentário em “Site da Panini Comics: descaso ou incompetência?

  1. Bom trabalho pessoal, se essas empresas grandes não ligam pros consumidores, é necessário uma reação por parte da comunidade. Continuem atentos e cobrando por nós, amantes de HQs

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: